out 17, 1829 dias ago

Quais as lições que podemos extrair do judô para a carreira esportiva

Quais as lições que podemos extrair do judô para a carreira esportiva

O esporte é cheio de lições que nos ajudam no dia-a-dia, auxiliando-nos de uma forma que nos faça ter uma vida mais proveitosa e consequentemente, melhor.

Esportes como o Judô, por exemplo, detentor de toda uma filosofia que envolve não apenas a luta, mas sim todos os processos para chegar a ela. Mente, corpo e espírito trabalham simultaneamente, de forma integrada. Fazendo com que consigamos equilibrar todos os aspectos envolvidos, sendo algo que também podemos levar para outras áreas da nossa vida.

Se a filosofia por trás do Judô consegue ultrapassar as barreiras do esporte, imagine o que ela pode fazer se aplicada ali mesmo naquela área. Usar os princípios do Judô para guiar a sua gestão carreira esportiva pode ser uma ótima decisão, trazendo benefícios inestimáveis.

 

1. Conhecer-se é dominar-se, e dominar-se é triunfar.

Este primeiro princípio judoca reflete a necessidade que o homem possui de conhecer a si mesmo, sendo apenas assim que ele irá conseguir chegar ao domínio próprio. Numa carreira esportiva, o autocontrole é essencial e conhecendo a si mesmo, dominando a si mesmo, é triunfar sobre nós mesmos. Todos sabem que na maioria das vezes o maior inimigo pode estar dentro de nós, nas nossas mentes. São aquelas inseguranças, por exemplo, que podem nos dominar e fazer com que não consigamos chegar até o nosso objetivo. Portanto, este primeiro princípio é totalmente aplicável.

 

2. Somente se aproxima da perfeição quem a procura com constância, sabedoria e, sobretudo, humildade.

Este é o terceiro princípio do Judô e deve ser considerado e minuciosamente analisado. Aqui diz que só é possível se aproximar da perfeição se o indivíduo for constante, sábio e humilde na sua procura. Não há indicações que chegaremos à perfeição, mas sim nos aproximaremos dela. Todos nós vamos falhar um dia, mas devemos usar a sabedoria adquirida no caminho para sabermos lidar da melhor forma com os erros. E na busca para chegar a um nível mais elevado de qualidade, devemos ter humildade para compreendermos que ainda não temos aquela capacidade que desejamos ter e para chegar lá, devemos ser assíduos no nosso treinamento, preparação, aplicação e comprometimento. É um princípio perfeitamente apropriado para aconselhar esportistas no princípio de suas carreiras.

 

3. Nunca te orgulhes de haver vencido um adversário. Ao que vencestes hoje, poderá derrotar-te amanhã. A única vitória que perdura é a que se conquista sobre a própria ignorância.

Devemos nos destituir de qualquer orgulho, arrogância e prepotência. Sempre devemos respeitar aquele com que vamos competir. Ter essa característica na sua carreira é primordial para obter a capacidade de vencer o próximo. É com a humildade e o reconhecimento das capacidades alheias que iremos continuar trabalhando duro e mantendo-nos regrados àqueles princípios que estão nos guiando no meio dessa carreira. Nunca devemos achar que já está ganho.

Essas são algumas lições que podemos tirar dos princípios do Judô. Aplicando-os a sua carreira esportiva, bons resultados com certeza aparecerão e não demorará muito para que você perceba isso.

Share "Quais as lições que podemos extrair do judô para a carreira esportiva" via